sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Novena ao Anjo da Guarda

Primeiro dia:
Ó fidelíssimo executor das ordens de Deus, santíssimo Anjo, meu protetor, que desde o primeiro instante da minha existência, vela sempre com solicitude à guarda do meu corpo e da minha alma. Eu vos saúdo, e vos agradeço em união com todo o coro dos Anjos, que a bondade Divina comprometeu à Guarda dos homens.
Eu vos peço instantemente; redobre vossa atenção, para me preservar de toda queda nesta presente peregrinação, a fim de que minha alma se conserve sempre pura, tão claro que com vossa ajuda ela se tornará, sobre o efeito do Santo Batismo.

“Anjo de Deus, que é meu guarda,
Esclareça-me, guarde-me, guia-me, rege-me,
“Ó vós a quem fui confiado pela Divina            Misericórdia.”  Amém.

Segundo dia:
Ó meu companheiro amantíssimo, meu único amigo verdadeiro, meu Santo Anjo da Guarda, que em todos os tempos e lugares dá-me a honra de vossa venerável presença! Eu vos saúdo e vos agradeço, em união com todo o coro dos Arcanjos, encarregados por Deus de anunciar os eventos grandes e misteriosos.
Eu vos peço insistentemente; iluminai meu espírito para conhecer a Vontade Divina e dispõe meu coração para executá-la sempre perfeitamente, a fim de que, agindo sem cessar conforme a fé que professo, obtenha na outra vida a recompensa prometida aos verdadeiros fiéis.

“Anjo de Deus...”

Terceiro dia:
Ó meu mestre sapientíssimo, meu Santo Anjo da guarda, que nunca cessais de me ensinar a verdadeira ciência dos Santos,  eu vos saúdo e vos agradeço em união com todo o coro dos principados, encarregados de governar os espíritos inferiores para assegurar a pronta execução das ordens Divinas.
Eu vos peço insistentemente:  velai sobre os meus pensamentos, minhas palavras e  minhas ações, para que, me conformando em tudo aos vossos salutares ensinamentos eu não perca jamais de vista o Santo temor de Deus, princípio único e infalível da verdadeira sabedoria.

“Anjo de Deus...”

Quarto dia:
Ó meu amantíssimo educador, meu Santo anjo da guarda, que por amáveis censuras e contínuas admoestações, me convida a levantar da queda cada vez que, para minha infelicidade, caio. Eu vos saúdo e vos agradeço, em união com todo o coro das Potestades, encarregadas de conter as forças do demônio contra nós.
Eu vos peço insistentemente; tirai minha alma do sono da tibieza na qual ela vive atualmente e que ela lute, a fim de triunfar sobre todos os meus inimigos.

“Anjo de Deus...”

Quinto dia:
Ó meu poderosíssimo defensor, meu Santo Anjo da Guarda, que, me mostrando as armadilhas do demônio, oculta as pompas deste mundo e os prazeres da carne, me facilitando a vitória e o triunfo. Eu vos saúdo e vos agradeço, em união com todo o coro das Virtudes, destinadas por Deus Todo-Poderoso para  operar os milagres e a conduzir os homens à Santidade.
Eu vos peço insistentemente: socorrei-me em todos os perigos, defendei-me em todos os assaltos a fim de que eu possa avançar com segurança na via de todas as virtudes, em particular da humildade, da pureza, da obediência e da caridade, que são as mais queridas por vós e as mais indispensáveis à salvação.

“Anjo de Deus...”

Sexto dia:
Ó meu inefável conselheiro: meu Santo Anjo da Guarda, que de maneira muito eficaz me faz conhecer a vontade de Deus e os meios mais próprios de cumpri-la. Eu vos saúdo e vos agradeço em união com todo o coro das Dominações, eleitas por Deus para comunicar seus segredos e nos dar a força para dominar nossas paixões.
Eu vos peço insistentemente; livrai meu espírito de todas as dúvidas inoportunas e todas as perniciosas perplexidades, a fim de que, livre de todo receio, siga sempre vossos avisos que são conselhos de paz, de justiça e de santidade.

“Anjo de Deus...”

Sétimo dia:
Ó meu zelosíssimo advogado, meu Santo Anjo da Guarda, que por incessantes orações pleiteia  no céu a causa de minha salvação eterna e desvia minha cabeça dos castigos merecidos,  eu vos saúdo e vos agradeço, em união com todo o coro dos Tronos, escolhidos para manter os homens nos bons empreendimentos.
Eu vos peço insistentemente; de coroar vossa caridade obtendo-me o dom inestimável da perseverança final, para que na morte, eu passe felizmente das misérias desta vida e deste exílio ás alegrias eternas da pátria celeste.

“Anjo de Deus...”

Oitavo dia:
Ó dulcíssimo consolador de minha alma, meu Santo Anjo da guarda, que por suaves inspirações me reconforta nas vicissitudes da vida presente e em todos os temores da vida futura. Eu vos saúdo, e vos agradeço em união com todo o Coro dos Querubins, que cheios da ciência de Deus, são encarregados de iluminar nossa ignorância.
Eu vos peço insistentemente; assisti-me particularmente e consolai-me, tanto nas adversidades atuais quanto na ultima agonia, para que, seduzido por vossa doçura, eu feche meu coração a todos os atrativos enganadores desta terra, a fim de repousar na esperança da felicidade futura.

“Anjo de Deus...”

Nono dia:
Ó príncipe nobilíssimo da corte celeste, infatigável cooperador de minha salvação eterna, meu Santo Anjo da Guarda, que marca cada instante com inumeráveis benefícios, eu vos saúdo e agradeço, em união com todo o coro dos Serafins que, inflamados do divino amor são escolhidos para abrasar nossos corações.
Eu vos peço insistentemente; acenda em minha alma uma faísca desse amor do qual vós queimais sem cessar, a fim de que, tendo abolido em mim tudo que é do mundo e da carne, eu me eleve sem obstáculos á contemplação das coisas celestes, e  após ter sempre correspondido fielmente a vossa amorosa solicitude sobre a terra, eu chegue enfim convosco ao Reino da Glória para vos louvar, agradecer e vos amar por todos os séculos.
Amém!

“Anjo de Deus...”

V) Rogai por nós, Bem-Aventurados anjos de Deus.
R) Para que sejamos dignos das Promessas de Cristo.

Oremos:
Ó Deus, que, por uma inefável providência vos dignais de enviar os vossos Anjos, a fim de nos guardar, fazei-nos a graça de gozar cá na terra os efeitos da sua proteção eficaz, e partilhar um dia da sua felicidade; nós vo-lo pedimos pelos méritos de Jesus Cristo, Nosso Senhor. Assim seja.



Nenhum comentário:

Postar um comentário