sábado, 3 de dezembro de 2016

Consagração ao Imaculado Coração de Maria (Primeiro sábado do mês)


Rainha do Santíssimo Rosário, auxílio dos cristãos, refúgio do gênero humano, Vitoriosa de todas as batalhas de Deus, eis-nos prostrados suplicantes, aos pés de Vosso trono, na certeza de obter de Vossa misericórdia as raças e a ajuda oportunas nas nas calamidades presentes, não em virtude de nossos méritos, que são poucos mas, unicamente pela imensa bondade do vosso Coração maternal.

Os abomináveis pecados do mundo, as perseguições dirigidas contra a Igreja de Jesus Cristo, mais ainda, a apostasia das nações e de tantas almas cristãs, em suma, os esquecimentos por parte da maioria dos homens de que sois a Mãe da Divina Graça, tudo isso é agonia para Vosso Coração Doloroso e Imaculado, tão unido, em sua compaixão, aos sofrimentos do Sagrado Coração de Vosso Filho. 

A fim de reparar tantos crimes, pedistes o estabelecimento da devoção reparadora à Vosso Imaculado Coração. Mas se atraís docemente ao Vosso Coração os homens pecadores, é para conduzi-los ao Sagrado Coração de Jesus, ao Cristo-Rei. Jesus é a vida de que viveis. Tudo recebestes Dele e para Ele. Vosso Coração é como uma Eucaristia transparente; aquele que o contempla vê Jesus, seu Salvador. Foi para conduzir os homens ao coração de Vosso Filho que aparecestes em Fátima. 
Dignai-Vos, pois, aceitar, ó Mãe de Deus, o ato solene de reparação que oferecemos ao Vosso Coração Imaculado, por tantas ofensas que, juntamente com o Sagrado Coração de Jesus, é afligido pelos pecadores e ímpios.
Dignai-Vos ó Rainha da Paz, outorgar ao mundo a paz que o mundo não pode dar, a paz das armas e a paz das almas, a paz de Cristo e o reino de Cristo pelo Reinado do Vosso Imaculado Coração.


Amém!

Oração pelo Brasil


Senhor Jesus Cristo, Redentor de todos os homens e rei das nações. Com profunda gratidão reconhecemos a providência singular com que, desde o princípio, tomastes posse da nossa terra, arvorando nela o símbolo do Vosso reino, a Santa Cruz e quisestes que o nosso povo formasse parte distinta da Santa Igreja.

Ó Filho de Deus, Vós sois o Soberano desta nação e o Senhor dos nossos corações. A quem consagrar Fé inabalável e amor ardente, senão a Vós?
Mas pecamos, cometemos iniquidade e obramos injustamente! Assim confessamos com o povo de Israel arrependido: "Senhor, não nos trateis segundo os nossos pecados e não nos pagueis segundo as nossas maldades!"

Tende piedade dum povo que ainda é Vosso; conservai -lhe o dom da Fé Católica, apostólica, romana; defendei-o contra os erros da heresia e impiedade; atraí, com o poder do Vosso amantíssimo Coração, as almas de todos os filhos do Brasil, que remistes com o precioso Sangue. 

Pelo poder da Santa Cruz, livrai o Brasil de todos os seus inimigos! Pela religião da Santa Cruz, reinai sobre este povo, e fazei-o crente, virtuoso, grande e feliz! Virgem Imaculada Maria, poderosa Mãe de Deus, Padroeira do Brasil, intercedei por Vosso povo! São Francisco de Bórgia, São Pedro de Alcântara, padroeiros do Brasil, rogai por este povo! Intercedei por nós, ó quarenta Mártires invictíssimos , que conduzidos pelo bem aventurado Inácio de Azevedo, com o próprio sangue consagrastes a nação inteira e a dedicastes a Deus.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.


(Sursum Corda, Manual de devoção da Donzela Cristã no colégio e no lar, compilado pelas irmãs 
Franciscanas, 1946)